Terceira idade: como atender melhor esse importante público?

Por TRESemmé | em 31/07/2014

Terceira idade: como atender melhor esse importante público?Com o aumento da longevidade no Brasil, o salão de beleza viu crescer entre a sua clientela o público da terceira idade. Antenado, com bom poder de renda e ávido por mudanças, esse consumidor pode ser uma excelente maneira de aumentar a rentabilidade do salão. Mas, como lidar com ele? Confira as dicas de Janaina Hassim, consultora de marketing da Haute Coiffure Française do Brasil.

TRESemmé: Quais os cuidados na hora de atender um cliente da terceira idade?
Janaina Hassim:
Uma das premissas de um profissional que vai lidar com o público da terceira idade é saber se relacionar com pessoas, pois além da parte técnica, é fundamental dar mais atenção ao cliente do que o usual, pois, em geral, os mais velhos gostam de dialogar e têm mais dúvidas sobre os procedimentos. Não é apenas falar sobre preços ou executar o serviço de beleza, mas ter a consciência de que, naturalmente, acabamos nos tornando uma extensão da família desta pessoa.

TRESemmé: Esse público também se interessa por moda? Como abordar o assunto?
Janaina Hassim:
Sim, grande parte deste público se interessa por moda, pois viaja mais e tem a preocupação em conquistar uma imagem mais jovem. Há um nicho no mundo fashion que está se especializando na moda para os mais velhos, e prova disto é o segmento de modelos para a terceira idade, que são requisitados tanto para desfiles quanto para campanhas publicitárias no Brasil e exterior. A minha dica para o profissional beleza abordar o assunto é ser o mais natural possível e usar como referência as personalidades que estão em evidência nas novelas e filmes.

TRESemmé: Como deve ser a linguagem para atender esse tipo de público?
Janaina Hassim:
Uma linguagem clara e objetiva, pois este público quer ser ouvido, entender e tirar dúvidas, assim como qualquer outro, e isso exige um atendimento de qualidade. Qualquer coisa que minimize problemas é essencial para garantir a comunicação.

TRESemmé: Você vê um aumento no número de clientes da terceira idade nos salões?
Janaina Hassim:
Com a expectativa de vida e de rendimentos cada vez maior, a parcela da população acima dos 60 anos transformou-se num contingente expressivo de potenciais consumidores. Além disso, definitivamente, a vaidade não é exclusividade dos jovens. Hoje, mais do que nunca, as mulheres da terceira idade investem nos cuidados com a aparência, com comprovados ganhos estéticos e melhoria da autoestima. Com certeza, é um mercado com crescimento considerável e consumidores em potencial.

TRESemmé: Quais serviços geralmente eles mais gostam e quais eles menos preferem?
Janaina Hassim:
Em escala, os serviços mais executados para este público são cor e corte, manicure, podologia, micropigmentação e estética facial. Os menos executados são estética corporal, design de sobrancelhas e depilação.