Figurino: por que criar uma identidade visual

Por TRESemmé | em 25/01/2014

Figurino: por que criar uma identidade visual

A rede Jacques Janine de salões de beleza é, com certeza, uma das maiores franquias do Brasil. Pioneiros nesse formato de negócios para o segmento, eles são experts em termos de organização. Por isso, Marcela Modena, gerente de marketing da rede, explica como eles lidam com o figurino e a identidade visual dos colaboradores em seus salões.

TRESemmé - É importante definir um uniforme para os funcionários? Por quê?
Marcela Modena
- Sim, pois além de diferenciar o profissional do consumidor dentro do ambiente, o uniforme cria uma unidade visual que harmoniza com o conceito da marca. Essa, por sua vez, transmite ao cliente a confiança de estar sob os cuidados de seus representantes.

TRESemmé- Como deve ser esse uniforme?
MM -
O uniforme deve ser pensado para que as pessoas se sintam felizes e orgulhosas de usarem! Ele deve estar de acordo com cada setor dentro do salão, sempre alinhado, limpo e bem conservado. É importante ter um bom corte, assim poderá se adequar aos tipos diferentes de pessoas, proporcionando mais conforto. O tecido tem de ser durável e adequado ao clima brasileiro. É fundamental contar com abrigos para a época de frio. Eles também devem seguir a identidade da empresa, assim evita-se o uso de peças diferentes e que descaracterizem o uniforme.

Figurino: por que criar uma identidade visual

TRESemmé - Qual tipo de calçado é ideal para a rotina de um profissional de beleza?
MM -
Calçados fechados! Assim, eles ficam com os pés protegidos, confortáveis e bonitos, pois um bom visual é sempre muito importante.

TRESemmé - Com relação a cabelo e maquiagem existe alguma recomendação?
MM -
Sim. Sempre recomendamos o mínimo, pois é mais elegante. E reforçamos que o perfume deve ser suave.