Como valorizar a formação profissional no atendimento

Por TRESemmé | em 19/01/2014

Como valorizar a formação profissional no atendimento

Hoje em dia a formação profissional na área da beleza já é um pré-requisito muito valorizado pela clientela. Por isso, é fundamental que o profissional se mantenha atualizado e saiba expressar os seus conhecimentos.

Rodrigo Gimenes, diretor técnico da Academia Ondina e proprietário do salão Monalisa, reforça a importância de mencionar a formação que de forma sutil. "No caso da área da beleza, a responsabilidade é ainda maior, pois as clientes têm preocupação com os riscos que existem em ser atendido por um profissional não qualificado", enfatiza.

Para ele, a melhor maneira de passar a informação é manter diplomas e certificados pendurados no local de trabalho, de forma que fiquem visíveis aos clientes. "Outra forma espontânea de mostrar a nossa qualificação, é colocar fotos de cursos que participamos nas redes sociais, explicando qual foi o tema..."

Essas estratégias são essenciais para deixar claro qual é o grau técnico do profissional e deixar a clientela mais segura durante a realização dos serviços.

Rodrigo reforça que incluir cursos internacionais no repertório também é uma boa atitude. "Além de vermos técnicas diferenciadas, as tendências são ditadas lá fora, então fazer cursos internacionais indica que você está à frente no mercado". Ele mesmo já estudou nas academias Toni&Guy, em Milão, e Hob Salons e Patrick Cameron, em Londres.