Como lidar com clientes mal educados e irritados?

Por TRESemmé | em 22/07/2014

Como lidar com clientes mal educados e irritados?Lidar diretamente com o público é, sem dúvida, um desafio. Além de oferecer o melhor serviço possível e exercer o papel de consultor de beleza, o cabeleireiro precisa ter o "feeling' para sentir o humor do cliente e estar atento às vontades dele. Mas e quando a pessoa que chega para receber o serviço está irritada e começa a ser mal educada?

"Nesse tipo de situação, a melhor forma é tratar o cliente com muita simpatia e educação. Acredito que o nosso comportamento pode influenciar a forma como o cliente responde. Assim, devemos continuar agindo da forma oposta a qual estamos sendo tratados, sempre com um sorriso no rosto e procurando deixá-lo o mais a vontade possível", comenta Mariana Marques, diretora da rede Comece pela Cor.

Segundo Mariana, o profissional não pode se irritar com a atitude do cliente nem demonstrar muita felicidade, "pois o momento de quem está recebendo o serviço pode não ser o mesmo que o nosso e não sabemos o que aconteceu para deixá-lo dessa forma. Nesse momento, falar pouco é uma boa ideia para deixá-lo menos irritado", recomenda.

A expert afirma que o hairstylist não deve se recusar a atender o cliente nem passar o atendimento para um colega de trabalho. Segundo ele, essa situação deve ser encarada como mais um momento de aprendizado, e com certeza não acontecerá uma única vez. "Se a pessoa for dispensada, o profissional acabará escolhendo a carteira de clientes, e não o contrário, o que pode limitar seu crescimento profissional ", finaliza.