Como fazer uma análise dos pontos fortes da concorrência?

Por TRESemmé | em 31/08/2014

Como fazer uma análise dos pontos fortes da concorrência?O mercado da beleza é muito amplo e oferece diversas opções de serviços para quem procura estar em dia com a aparência. Pensando nisso, é muito importante manter os olhos abertos para o que a concorrência faz e oferece, evitando que seus clientes escolham outras opções de serviços, mais atualizadas.

Para criar ações e sair na frente, muitos itens que devem ser analisados. Qualidade dos produtos utilizados, atendimento, localização, estrutura, preços, formas de pagamento e conforto para o cliente (como oferecer estacionamento), são pontos que não podem deixar a desejar.

Para a cabeleireira Rosa Cristina, do Studio Hair Guarulhos, na grande São Paulo, é importante reconhecer qual seu público, para adequar a melhor forma de atendimento. “Não adianta saber o que a concorrência faz, se você não sabe o que seu cliente quer. É preciso reconhecer sua clientela e trabalhar para ela. Não se pode basear-se numa concorrência maior, que atende outro perfil de cliente, pois se eu equiparar o meu salão a este, os perfis são diferentes”, indica.

Fazendo uma avaliação do público que o salão atende e de qual ele deseja atrair, o próximo passo é se organizar para oferecer o melhor em tudo, de acordo com o padrão do seu estabelecimento e cliente. A propaganda e a divulgação são fortes aliadas para alavancar a imagem do salão, mas cuidado! Se sua imagem perante os clientes não for a melhor, isso logo refletirá nos meios de comunicação, principalmente as redes sociais, o que definitivamente pode ruir um negócio.