Como clarear cabelos afros sem danificá-los

Por TRESemmé | em 28/12/2013

Como clarear cabelos afros sem danificá-los

Cada tipo de cabelo tem características únicas, por isso na hora de clarear os fios é preciso dedicar atenção personalizada. No caso dos afros a quantidade de camadas cuticulares é menor, o que interfere no clareamento. “Por esse fator é importante fazer uma boa anamnese, para ajudar da escolha do peróxido de hidrogênio (água oxigenada)”, aponta a hairstylist Andrea Forti. Ela comenta que sempre opta pelas oxigenadas de 10 ou 20 volumes.

Andrea ainda lembra a necessidade de fazer o teste de mecha para certificar-se da resistência do fio. “Em algumas situações, por serem cabelos muito secos, eles devem ser hidratados antes, para depois se proceder o clareamento”, enfatiza.

Quanto ao tipo de coloração empregado, para ela a melhor opção é a química à base de etalonamina, pois garante uma boa cobertura sem agredir os fios.

Andrea explica que não existe técnica ideal de clareamento para esse tipo de fio, todas podem ser utilizadas, desde que haja o tratamento adequado para prevenir possíveis danos. “O que não deve ser esquecida é a hidratação em primeiro lugar, depois vem as químicas de transformação”, termina.